A GAROTA CEGA

Havia uma garota cega que se odiava porque era cega.

Ela odiava todos, exceto seu namorado amoroso. Ele sempre estava lá para ela.

Ela disse ao namorado: ‘Se eu pudesse apenas ver o mundo, eu me casaria com você’.

Um dia, alguém doou um par de olhos para ela. Quando as bandagens saíram, ela conseguiu ver tudo, inclusive o namorado.

Ele perguntou-lhe: ‘Agora que você pode ver o mundo, você vai se casar comigo?’

A menina olhou para o namorado e viu que ele era cego. A visão de suas pálpebras fechadas a chocou. Ela não esperava isso. O pensamento de olhar para eles o resto de sua vida levou-a a se recusar a casar com ele.

O namorado dela a deixou em lágrimas e dias depois escreveu um bilhete para ela dizendo: ‘Cuide bem dos seus olhos, minha querida, pois antes que eles fossem seus, eles eram meus.

Reflita:

É assim que o cérebro humano funciona quando nosso status muda.

Apenas uns poucos lembram como era a vida antes, e quem estava sempre ao seu lado nas situações mais dolorosas.

A vida é um presente.

Hoje antes de você dizer uma palavra indelicada,

Pense em alguém que não pode falar.

Antes de se queixar do sabor da sua comida, pense em alguém que não tem nada para comer.

Antes de você reclamar sobre o seu marido ou esposa, pense em alguém que está clamando a DEUS por um companheiro.

Hoje antes de você reclamar da vida,

Pense em alguém que morreu jovem demais.

Antes de se queixar dos seus filhos,

Pense em alguém que deseja filhos, mas eles são estéreis.

Antes de discutir sobre sua casa suja, alguém não limpou ou varreu,

Pense nas pessoas que estão vivendo nas ruas.

Antes de reclamar da distância que você dirige,

Pense em alguém que anda à mesma distância com os pés.

E quando você estiver cansado e reclamar do seu trabalho,

Pense nos desempregados, nos deficientes e naqueles que desejam ter seu emprego. E quando pensamentos deprimentes parecem te derrubar, coloque um sorriso em seu rosto e agradeça a DEUS que você está vivo e ainda está por perto.

Colunista: Socorro Macêdo