Postura, gestos, volume da voz, andar no palco… Tudo isso faz parte de uma palestra. Como me comportar? 🔹 Postura sóbria
🔹 Gestos sem exageros com as mãos
🔹 Movimente-se, sem excessos
🔹 Chegue antes, teste o som e veja o volume correto da voz
🔹 Fale pouco, antes do início para não cansar a voz e irritar a garganta

 

 

Como anda a sua postura?

Como anda a sua postura?

A oratória é muito importante, mas sua postura, gestos e feições, falam para quem está se dirigindo.👀 Nosso corpo fala – e muito -, Precisamos saber como usar essa comunicação para impactar nossa audiência. Uma postura muito dura, pode transmitir tensão e insegurança. É preciso praticar muito bem sua fala com sua postura, feições e gestos que fará durante a apresentação.

As pessoas te ouvem bem quando você fala?

As pessoas te ouvem bem quando você fala?

Hã? Não entendi bem o que disse…
Você ouve constantemente essas palavras? 📣
A altura de sua voz, é confortável para as pessoas ?🎤
Você fala alto demais ou muito baixo?😶
A insegurança é um dos fatores mais relevantes que interferem no volume de voz.
Por timidez ou medo de parecer invasivo, você fala baixo para
não incomodar, ou porque não quer falar mesmo naquele momento.
Procure observar a altura de sua voz quando estiver com outras pessoas
próximas a você e se possível, vença o orgulho e pergunte: você está me ouvindo bem?
A partir daí, terá um feedback de como realmente está a altura de sua voz para as pessoas.
Conte conosco.😉

Em uma palestra, beleza é fundamental?

Em uma palestra, beleza é fundamental?

A beleza é algo bem subjetivo. Você pode
achar alguém bonito ou bonita e para outro
não ter o mesmo brilho.
Em uma palestra ou reunião, a sua audiência
com certeza vai olhar para você e fazer algumas
considerações pessoais a respeito de suas feições.
E Só. O que realmente vai importar naquele momento
não será a sua aparência de galã ou modelo, e sim,
o profundo conhecimento e domínio do conteúdo que está
apresentando.
Algumas dicas podem te ajudar :
– Seja simpático e expressivo em seu semblante
– NÃO use palavrões, é deselegante e inapropriado
– Coloque personalidade na sua voz, pronunciando-as bem
– Gesticule de forma moderada
Sucesso!

Faz ou Fazem?

Faz ou Fazem?

 

A partir de hoje daremos início a uma série de dicas

a respeito de erros de português que muitos cometem
no dia a dia, em palestras e no ambiente de trabalho.
Nossa primeira dica é:
“Faz” / “Fazem”

Errado: Fazem dois meses que trabalho nesta empresa.
Certo: Faz dois meses que trabalho nesta empresa.
Por quê? No sentido de tempo decorrido, o verbo “fazer” é
impessoal, ou seja, só é usado no singular. Em outros sentidos, concorda com o
sujeito. Ex: Eles fizeram um bom trabalho.
Fonte: exame.com
Conheça a sua própria comunicação

Conheça a sua própria comunicação

Conheça a sua própria comunicação.

Fale com a sua audiência da mesma maneira que fala diariamente, como se estivesse conversando em casa com seus amigos ou família.
Falar diante de uma platéia nada mais é que uma conversa.

Claro que tudo de acordo com a formalidade da ocasião e as
características dos ouvintes.
Invista na melhoria de sua comunicação.

É uma exigência atual em seu relacionamento social e na vida corporativa.
É possível melhorar em pouco tempo sua própria maneira de se comunicar.

Tenho uma reunião! Estou com MEDO!

Tenho uma reunião! Estou com MEDO!

Nem  sempre é fácil mostrar o nosso potencial quando estamos frente a frente da diretoria ou colegas de trabalho.

A insegurança, o medo de falar , de colocar todas as ideias de uma maneira errada e abalar nossa credibilidade com a equipe e superiores, passam a todo momento em nossa mente. O que fazer:

Prepare-se > Com antecedência, prepare todo o material, anote em tópicos o que pretende falar e confirme tudo.

Aparência > Na hora de escolher o traje, use o bom senso.

Escolha  roupas que demonstrem credibilidade. Evite chamar atenção.

Mostre confiança > Ao chegar à reunião, cumprimente a todos com entusiasmo, se estiver nervoso ou inseguro, não demonstre. Seja natural. Olhe sempre nos olhos da audiência, Passa credibilidade.

Questionamentos > Se solicitado, responda e esclareça as dúvidas. Se não souber a resposta de algo, busque a informação e repasse logo em seguida.

Cuidado com o que fala> Fale apenas o necessário e adequado para o momento. NÃO fale o que desconhece e não tem fundamento ou segurança.

Evite brincadeiras, piadas e críticas desnecessárias. Boa reunião!

Por que não gosto da minha voz?

Por que não gosto da minha voz?

   A voz humana alcança freqüências de onda entre 100 e 10 000 hertz. Só que a maioria dos aparelhos não capta toda essa faixa, alterando o timbre da voz quando ela é reproduzida pelo gravador. O mesmo acontece com o telefone. “Quanto pior a qualidade do aparelho, menor a faixa de freqüências que ele pode captar e maior a diferença no som da voz reproduzida”, diz o engenheiro mecânico Sylvio Bistafa, da USP. Quando se trata de ouvir a própria fala gravada, surge outro problema. A voz que estamos acostumados a ouvir em nós mesmos é a soma do som que sai pela boca e entra pelo ouvido com a vibração transmitida pela estrutura óssea craniana. Assim, soa estranho escutar a própria voz sem sua propagação pelo crânio.

Tem medo de falar em público? Nós podemos te ajudar
percaomedo.com